Prefeitura de Aparecida
(62)3545-9122
ola@escoladeservidor.com

[Palestra] Violência contra a Mulher em debate

Juntos fazemos mais.

[Palestra] Violência contra a Mulher em debate

Curso Encerrado!

Dados do Evento:

A violência doméstica contra a mulher remonta ao tempo em que se permitia ao marido “corrigir‟ o “mau” procedimento da mulher com castigos físicos.

Aliás, até a década passada, a violência cometida contra a mulher por parte do seu marido ou companheiro era naturalizada e, assim, tornada “invisível”.

Somente era considerada “sevícia” quando os maus tratos colocavam em risco a vida das mulheres.

Com efeito, a partir da Década de 70, com as reivindicações dos movimentos feministas, em meio a um cenário de mobilizações sociais contra a ditadura militar e em direção a uma sociedade democrática, o movimento de mulheres e feministas demandava democracia e cidadania, elegendo como tema prioritário a denúncia da violência contra as mulheres.

O desejo que permanece até os dias atuais consiste em modificar o fenômeno de legitimação social da superioridade dos homens sobre as mulheres, da cultura ainda totalmente arraigada do machismo, do sexismo e da discriminação contra a mulher.

Instigadas por uma série de assassinatos de mulheres cujos companheiros-assassinos, a exemplo de Doca Street, assassino de Ângela Diniz, ganhavam liberdade com o argumento da “legítima defesa da honra”, as feministas se mobilizaram para denunciar a impunidade desses maridos e companheiros assassinos de mulheres.

Ocorre que, para conseguirmos o objetivo de mudança de cultura e comportamento da sociedade, as mulheres precisam se fortalecer, aprender a falar com segurança, a se expressar, se impor e fazer valer as suas vontades e os seus direitos frente às situações de violência.

Nesse contexto, o empoderamento feminino surge com o objetivo de colaborar para que as mulheres em situação de violência doméstica consigam se auto perceber nessa condição, ter consciência dos seus direitos e reunir forças para o seu enfrentamento.

Assim, com o objetivo de informar, conscientizar e semear a cultura de paz, de amor e de respeito ao próximo, especialmente no tocante à necessidade de identificação da situação de violência, das formas de enfrentamento e do poder da união entre as mulheres, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, através da Escola de Servidor realizará, no dia 13 de março de 2019, uma mesa redonda com o tema “O Movimento Feminista e o Combate à Violência Doméstica”.

Inscrições:

Você precisa fazer login ou criar um novo usuário para se matricular em um curso. Caso já tenha feito seu login clique em:

Para ver o link de inscrição. Se estiver com problemas para criar seu login ou entrar na sua conta, ligue para (62)3545-9122

Relacionados

Se ainda não votou nos cursos livres que a escola deve promover este ano, faça valer a sua opinião. Acesse: http://escoladeservidor.com/cursos2019/

Se ainda não votou nas Pós-Graduações para 2019 ainda está em tempo. Acesse: www.escoladeservidor.com/posunifan2019

Se deseja participar do grupo do Whatsapp e saber primeiro de todos os eventos da Escola de Servidor acesse www.escoladeservidor.com/whatsapp (Obs.: Pode ficar tranquilo que os membros não podem mandar mensagem, então só vai ter mensagem da Escola mesmo).

Comentários: 7

    • Cara Maria do Carmo, os cursos da Escola de Servidor são oferecidos exclusivamente aos Servidores Públicos do Município de Aparecida, Prestadores de Serviço ao Município (de empresas terceirizadas) e qualquer funcionário vinculado ao atendimento da população aparecidense. Se for este o caso, basta realizar o cadastro de novo usuário, mas como percebi aqui que você já tem um usuário cadastrado, basta fazer login e clicar em Inscrever-se nesta mesma página.

  1. Ana Barreto Ana Barreto disse:

    Gostaria muito de curso rapido na area perito judicial

  2. […] Violência Contra a Mulher em Debate […]

Adicione seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.